Principais tipos de tomadas utilizados no Brasil e no restante do mundo

Tipos de tomadas

Está com uma reforma à vista e quer garantir uma entrega impecável? Então, existe uma série de elementos que devem ser considerados na construção, como os diferentes tipos de tomadas que são fundamentais nas instalações elétricas.

As tomadas são dispositivos essenciais no nosso dia a dia, uma vez que funcionam como conexão entre os circuitos elétricos e eletrodomésticos e/ou eletrônicos. Isso porque elas permitem que aparelhos funcionem corretamente e aumentam a segurança elétrica, além de ajudarem na preservação dos equipamentos no ambiente.

No entanto, para selecionar os tipos de tomadas é preciso conhecer todos os modelos disponíveis, afinal, as tomadas elétricas usadas no Brasil diferem das utilizadas na Europa, Ásia e assim por diante.

Quer conhecer melhor os modelos de tomadas e entender tudo sobre o assunto? Então, continue a leitura!

Padrão de tomada utilizado no Brasil

Você sabe qual é o padrão de tomada no Brasil?

No final do século 19, os países passaram a escolher plugues de tomadas próprios e sem, necessariamente, conexão com os modelos do restante do mundo. À época, isso não era um problema.

Contudo, o aumento de importações, exportações de aparelhos eletrônicos e o turismo internacional criaram uma verdadeira dor de cabeça quando o assunto são os tipos de tomadas. Afinal, nunca tivemos um consenso sobre uma “tomada universal”, por isso, é essencial conhecer melhor as opções usadas no Brasil e ao redor do mundo para nunca ser pego desprevenido.

No Brasil, inclusive, temos uma variedade de modelos que podem ser instalados em casas e comércio. Para ilustrar, chegamos a ter mais de 12 tipos de plugues e tomadas.

Diante desse cenário, ocorreu um movimento para padronizar as tomadas aqui no país. Essa decisão causou uma certa polêmica, uma vez que muitos consumidores tiveram que adaptar os seus imóveis ao novo modelo, até mesmo fabricantes sofreram com essa mudança.

Em 2009, entrou em vigor a NBR14136 com o novo padrão, regulamentando o tamanho e profundidade do contato para reduzir a quase zero a chance do usuário tocar no contato energizado e assim receber um choque elétrico. Existem dois tipos de plugues: com dois ou três pinos (10 ou 20 ampéres), e um único tipo de tomada: com três encaixes.

Os plugues de três pinos são usados em equipamentos que demandam aterramento elétrico, já que o terceiro pino realiza a ligação com o fio terra, evitando assim, choques e possíveis curtos.

No site do Inmetro, é possível checar mais informações sobre o padrão brasileiro de plugues e tomadas.

Leia também: Sequência cabo de rede: como montar da forma correta

Tipos de tomadas mais utilizadas na América do Sul

País Tipo de tomada Voltagens mais comuns
Argentina C, I 220V
Bolívia A, C 230V
Brasil C, N 127V / 220V
Chile C, L 220V
Colômbia A, B 110V
Equador A, B 120V
Guiana A, B, D, G 120V / 240V
Paraguai C 220V
Peru A, C 220V
Suriname A, B, C, F 127V / 230V
Uruguai C, F, L 220V
Venezuela A, B 120V

Tipos de tomadas e plugues mais utilizados no mundo

Tipos de tomadas e plugs padrão

Como falamos, existem inúmeros tipos de tomadas ao redor do mundo.

Por isso, quem viaja para fora do Brasil precisa conhecer esses modelos para aproveitar a viagem sem problemas com os seus equipamentos eletrônicos.

Abaixo, listamos todas essas tomadas!

Tipo A

A tomada tipo A é usada na América do Norte, América Central, América do Sul e Japão. Ela é formada pelos pinos chatos e foi criada em 1904, sendo modelo padrão no início do século 20.

Tipo B

Também utilizada nas Américas e no Japão, a tomada tipo B traz um pino terra redondo, bastante aproveitado em computadores.

Tipo C

Já a tomada tipo C é usada em toda a Europa, exceto Reino Unido, Irlanda, Chipre e Malta. Trata-se de um dos plugues mais encontrados no mundo, conseguindo se adaptar a outros tipos de tomadas.

Tipo D

Antigo modelo Britânico, a tomada tipo D é padrão na Índia e Nepal.

Tipo E

Padrão da França, Bélgica, Polônia, Eslováquia, Tunísia, Marrocos e República Checa.

Tipo F

A tomada tipo F é usada na Alemanha, Áustria, Holanda, Suécia, Finlândia, Noruega, Portugal, Espanha e Leste Europeu. Esse modelo foi criado após a Primeira Guerra Mundial e conta com dois clipes terra para a conexão elétrica.

Tipo G e H

Usado na Alemanha, Áustria, Holanda, Suécia, Finlândia, Noruega, Portugal, Espanha e Leste Europeu. Modelo criado após a Primeira Guerra Mundial, a tomada conta com dois clipes terra para a conexão elétrica.

Tipo I

Encontrado na Austrália, Nova Zelândia, Papua Nova Guiné, China e Argentina.

Tipo J

A tomada tipo J é utilizada na Suíça e Lichenstein e apresenta semelhanças com o modelo usado aqui no Brasil. Contudo, ela é incompatível por conta das dimensões dos pinos. Em contrapartida, plugues do tipo C podem ser utilizados sem problemas nessas tomadas.

Tipo K

Usado na Dinamarca e Groenlândia, com suporte a plugues do tipo C. Além disso, é a tomada mais simpática do mundo, pois a sua entrada se assemelha a um sorriso.

Tipo L

Modelo utilizado na Itália, China e alguns países do norte da África, a tomada tipo L traz três pinos redondos em linha. Alguns modelos permitem o uso de plugues tipo C.

Tipo M

A tomada tipo M é usada em alguns países da África e lembra bastante o plugue tipo D, mas com dimensões maiores. Em alguns países, como Israel, é utilizada em maquinário pesado.

Tipo N

A tomada tipo N é usada no Brasil e na África do Sul e conta com um design compatível com plugues do tipo C.

De maneira geral, é o modelo “universal” criado pelo IEC e adotado pelo Brasil para tentar padronizar as suas tomadas.

O problema da padronização surge do fato que o Brasil não tem uma voltagem unificada, com estados com 127 V e outros com 220 V, o que poderia ser melhor identificado com tipos diferentes de plugues.

Confira interruptores e tomadas com os melhores preços na Obramax!

Tipos de tomadas por amperagem: TUG ou TUE?

As tomadas TUE e TUG são dois tipos comumente utilizados em instalações elétricas residenciais e comerciais, mas apresentam diferenças importantes em termos de aplicação, corrente suportada, formato e características de instalação.

Tomadas de Uso Geral (TUG)

Uma boa opção para residência são as tomadas de uso geral (TUG).

Elas são destinadas a ligações de mais de um equipamento (não simultaneamente) e nas quais a corrente de consumo não seja superior a 10a. São ótimas para eletrodomésticos e equipamentos, como liquidificadores, ventiladores, ferros de passar, televisores, etc.

As tomadas de uso geral suportam correntes de até 10A (amperes) em 127V e 16A em 220V.

Tomadas de Uso Específico (TUE)

As tomadas de uso específico (TUE) são usadas para alimentar, de modo exclusivo, equipamentos com corrente nominal superior a 10A, como torneiras elétricas, lavadora de louças, ar condicionado, micro-ondas, geladeira etc.

Como escolher um tipo de tomada

Agora que você conhece os principais tipos de tomadas disponíveis, inclusive no Brasil, é importante entender como escolher os plugues da maneira correta.

Para isso, você deve avaliar algumas características básicas e fundamentais:

10A ou 20A

A amperagem é a medida que calcula a intensidade de uma corrente elétrica em amperes.

No Brasil, existem tomadas de 10 e 20 amperes. Os equipamentos mais comuns, como televisões e computadores, usam tomadas de 10 amperes. Por outro lado, aparelhos que necessitam maior potência para operar e consequentemente uma maior corrente elétrica, tais como micro-ondas, fornos elétricos e geladeiras são ligados em tomadas de 20 amperes.

Voltagem

Outra característica importante que deve ser analisada é a voltagem ou tensão elétrica, medida em Volts (V).

Basicamente, temos dois tipos de voltagem: 127V e 220V. A tomada funciona para qualquer tipo de tensão, 127V ou 220V, porém temos a opção de instalar uma tomada na cor vermelha para chamar a atenção do usuário que aquela tomada é diferente das demais e não correr o risco de queimar algum aparelho. Por exemplo, se a sua casa toda é 127V e você tem uma tomada 220V para a máquina de lavar, essa tomada deve ser vermelha.

Dica importante: sempre cheque qual a voltagem do equipamento que será ligado à tomada, dessa forma, evita-se correr o risco de queimar ou estragar o circuito elétrico.

País

No começo do artigo, comentamos tudo sobre os tipos de tomadas usadas no Brasil e no restante do mundo.

Então, essa dica é voltada para quem tem alguma viagem à vista: verifique qual o modelo mais comum no país e a possibilidade de comprar adaptadores.

Para não errar na sua instalação elétrica, confira nosso guia completo para uma instalação de sucesso!

Outros tipos de tomadas

Além dos modelos que citamos ao longo do conteúdo, também há outros tipos de tomadas para finalidades específicas e que também merecem a sua atenção.

Veja a relação abaixo:

Tomada industrial

Tipos de tomadas industriais

Existe também um tipo de tomada voltado para indústrias: a tomada industrial.

Elas seguem uma legislação diferente, já que os maquinários utilizados causariam um curto-circuito caso sejam instalados em tomadas residenciais por conta das altas cargas de energia.

Vale destacar que a instalação e a manutenção das tomadas industriais devem ser realizadas por um profissional especializado devido a quantidade de pinos, complexidade do item e a alta corrente elétrica que circula no local.

Tomada de sobrepor

Há dois tipos de tomada de sobrepor: simples e dupla.

O modelo simples conta com 1 saída de tomada, podendo assim, conectar apenas 1 plugue por vez e transmitir a energia elétrica para somente esse item. Por padrão, as tomadas de sobrepor mais recentes possuem somente modelos de 3 pinos, pensadas para comportar o uso do novo padrão de tomada brasileiro.

Já a tomada de sobrepor dupla possui 2 saídas de tomada, comportando até 2 plugues e transmitindo para até 2 aparelhos. Ela também tem o padrão de 3 pinos, voltado para o padrão brasileiro de tomadas.

Tomada USB

Sinônimo de modernidade, a tomada USB oferece uma funcionalidade muito valiosa: possibilidade de carregar dispositivos eletrônicos sem adaptadores.

O funcionamento é muito simples: apenas conecte o cabo do aparelho no módulo de tomada USB para recarregar celulares, tablets e outros equipamentos que contam com entrada de alimentação USB.

Tomada inteligente

Ainda nos produtos com funções importantes, é possível encontrar a tomada inteligente.

Essas tomadas são conectadas à internet via redes Wi-Fi e permitem o controle de alguns eletrodomésticos à distância.

Além de serem acionados via aplicativos para Android ou iOS, os chamados smartplugs funcionam em conjunto com assistentes digitais, como Alexa e Google Home.

Um ponto positivo das tomadas inteligentes é a possibilidade de diminuir o gasto mensal com energia elétrica. No entanto, reforçamos que certos equipamentos não funcionam com esse tipo de plugue, como notebooks e máquinas de lavar.

Por outro lado, televisores e ventiladores funcionam perfeitamente com esse tipo de tomada.

Confira também: Quadro de distribuição: Guia completo de instalação e manutenção

Conclusão

Ao longo desse conteúdo, você conheceu melhor os diferentes tipos de tomada, itens essenciais para a elaboração de instalações elétricas seguras e eficientes.

Aproveite as nossas dicas e garanta a entrega de um projeto impecável e funcional para o cliente.

Ficou interessado em aprender mais? Temos vários conteúdos do tipo aqui no Blog da Obramax, não deixe de conferir!

Autores

  • Victor Fruges

    https://br.linkedin.com/in/victor-leonardo-fruges-neto-9b118126
  • Marco Lima

    Jornalista com ampla experiência em Marketing Digital com foco em conteúdo para web. Atua desde 2021 na produção de artigos para o blog da Obramax em conjunto com especialistas técnicos no segmento da Construção Civil.