Como fazer o dimensionamento de eletrodutos

Dimensionamento de eletrodutos

Os eletrodutos são acessórios essenciais em instalações elétricas, já que são responsáveis pela proteção da fiação elétrica do imóvel. Por conta dessa função tão importante, é necessário entender como realizar o dimensionamento de eletrodutos para garantir um sistema elétrico seguro e eficiente.

Vale destacar que existem diferentes normas voltadas para para o uso de eletrodutos, reforçando o papel fundamental deste acessório.

Há três normas importantes sobre os eletrodutos:

  • NBR 15465 – requisitos de desempenho para sistemas de eletrodutos plásticos para instalações elétricas de baixa tensão;
  • NBR 5597 – requisitos para eletroduto de aço-carbono e acessórios, com revestimento protetor e rosca NPT;
  • NBR 5598 – requisitos para eletroduto de aço-carbono e acessórios, com revestimento protetor e rosca BSP.

Para te ajudar no dimensionamento de eletrodutos e na entrega de um projeto impecável, preparamos várias dicas a respeito deste produto. Continue a leitura e acompanhe as nossas dicas!

O que é eletroduto e para que serve?

Para que serve o dimensionamento de eletrodutos

Como destacamos acima, os eletrodutos são materiais usados na proteção mecânica de cabos elétricos em todos os tipos de instalações de baixa tensão.

De acordo com a NBR 5410, eles são os únicos acessórios permitidos para essa finalidade:

“Portanto, todo e qualquer item que não for apresentado e comercializado como eletroduto não pode ser utilizado para instalações elétricas.”

Dessa forma, os eletrodutos protegem os condutores elétricos de agentes externos, como colisões e agentes químicos que possam comprometê-los. Além disso, eles também aumentam a segurança para o ambiente externo contra possíveis incêndios – que podem ser causados pela falta de isolamento da eletricidade ou durante um curto-circuito.

Outra função do eletroduto que passa despercebida é o seu valor decorativo no ambiente, isso quando ele fica visível. Esse tipo de decoração que deixa a parte elétrica aparente é comumente aplicado no visual industrial, uma tendência cada vez mais presente no mercado e uma solução bastante prática.

Materiais Elétricos

Tipos de eletroduto

Há variados tipos de eletroduto, já que eles podem ser classificados seguindo o material de fabricação e o formato.

Em relação ao material usado, eles são encontrados nas seguintes versões:

  • Metálicos (magnéticos)a sua composição é feita com uma cobertura de esmalte, galvanização (camada protetora de zinco) ou uma capa externa de plástico, sendo assim, ajuda a evitar corrosões no eletroduto;
  •  Isolantes (não magnéticos): fabricados em materiais como PVC, a principal característica é a isolação térmica, elétrica e à umidade. Também pode ser anti-chamas.

Quando o assunto é o formato, os eletrodutos são encontrados na versão flexível ou rígida.

Eletrodutos flexíveis

Os eletrodutos flexíveis, também chamados de conduítes, são os mais populares e os mais utilizados nas instalações elétricas. Geralmente são feitos em PVC, sendo recomendados para uso em paredes, uma vez que por conta da flexibilidade podem ser curvados.

No entanto, mesmo apresentando um manuseio mais fácil que o rígido, é necessário tomar cuidado para não achatar esses eletrodutos – o que pode impedir a passagem da fiação.

Entre os eletrodutos flexíveis, existe uma variação de modelos:

  • Eletroduto corrugado amarelo;
  • Eletroduto corrugado reforçado (laranja);
  • Eletroduto metálico flexível.

Eletrodutos rígidos

Dimensionamento de eletrodutos rígidos

Já os eletrodutos rígidos são fabricados em tubos de aço galvanizados ou em PVC. Geralmente, ficam mais aparentes e tornam-se parte da decoração conferindo um estilo mais industrial ao imóvel.

Esse tipo de eletroduto é amplamente usado em pisos, lajes e superfícies concretadas, já que apresentam uma excelente resistência à colisões externas. Além disso, também são usados em linhas subterrâneas tanto em contato direto com a terra ou envolto em concreto.

Vale destacar que o seu manuseio é mais difícil que o modelo anterior, uma vez que ele não pode ser dobrado. No entanto, eles são indicados tanto para instalações elétricas residenciais, como para industriais.

Você encontra algumas versões do eletroduto rígido, como o soldável, roscável e em curva.

O modelo roscável possibilita o rosqueamento de um eletroduto ao outro, sendo o mais recomendado para essa conexão entre eles. Já no roscável, encaixam-se um ao outro e depois utiliza-se um tipo de adesivo para conectá-los. Por fim, os modelos em curva permitem que os eletrodutos e condutores acompanhem a estrutura da construção quando precisar.

Outros modelos disponíveis:

  • Eletroduto de PVC rígido;
  • Eletroduto zincado.

Encontre todos os produtos que você precisa para a infraestrutura elétrica da sua obra.

Como fazer o dimensionamento de eletrodutos

dimensionamento do eletrodutos é uma dúvida que todo eletricista teve alguma vez durante o serviço.

Em linha geral, o consenso é de que quanto mais circuitos e condutores elétricos estiverem dentro de um eletroduto, maior a chance de problemas na instalação elétrica. Ou seja, haverá perdas na capacidade de condução da corrente elétrica do cabo por conta do calor produzido dentro do eletroduto.

Sendo assim, para fugir dessa dor de cabeça, veja abaixo como realizar o correto dimensionamento de eletroduto e qual a taxa de ocupação de acordo com a NBR 5410.

1.Avaliar a quantidade de circuitos e de cabos

Para dimensionar o eletroduto, é essencial saber quantos circuitos e cabos passarão pelo equipamento. Como falamos acima, quanto mais passarem em um só eletroduto, mais calor será gerado nesse espaço.

À medida que o calor aumenta, a capacidade de corrente elétrica dos cabos vai diminuindo. Então, se o número de cabos e circuitos aumentar dentro do eletroduto, a seção dos cabos também deve crescer para compensar a perda de capacidade de condução de corrente elétrica.

Nesse caso, a norma NBR 5410 traz uma tabela que indica o fator de correção para os cabos de acordo com a quantidade de circuitos que estão passando pelo mesmo eletroduto. Na tabela, você verá que não existe um limite de circuitos ou cabos multipolares por eletroduto.

Contudo, os eletrodutos apresentam limite de espaço, por isso, avalie também o tamanho dos cabos. Se optar por cabos mais finos, o número de circuitos e cabos podem ser maiores. Por outro lado, ao utilizar cabos mais grossos, a quantidade de circuitos e cabos diminui.

2.Determinar a seção dos condutores (bitola dos cabos)

A seção 6.2.6.1.1 na NBR 5410 indica que a seção de condutores de fase, em corrente alternada, e dos condutores vivos de corrente contínua, não pode ser inferior aos valores apresentados na tabela 47 da respectiva norma.

Para condutores e cabos isolados em circuitos de força, a seção mínima é de 2,5 mm² para os condutores de cobre. Por outro lado, em circuitos de sinalização e controle, a seção mínima é de 0,5 mm² para condutores de cobre.

3.Localizar o diâmetro mínimo de eletrodutos

Em uma instalação elétrica o eletroduto deve ter um diâmetro mínimo de 20mm.

Tabela para dimensionamento de eletrodutos

 Tabela de condutores por eletroduto
 Seção do condutor mm²  Número de condutores no mesmo eletroduto
 1 2 3 4 5 6 7 8 9
Diâmetro mínimo do eletroduto em polegadas
1,5mm² 1/2 1/2 1/2 1/2 3/4 3/4 3/4 1 1
2,5mm² 1/2 1/2 1/2 3/4 3/4 1 1 1 1.1/4
4mm² 1/2 3/4 3/4 3/4 1 1 1.1/4 1.1/4 1.1/4
6mm² 1/2 3/4 1 1 1.1/4 1.1/4 1.1/4 1.1/4 1.1/2
10mm² 1/2 1 1.1/4 1.1/4 1.1/2 1.1/2 2 2 2
16mm² 3/4 1.1/4 1.1/4 1.1/2 2 2 2 2 2.1/2
25mm² 3/4 1.1/4 1.1/2 1.1/2 2 2 2.1/2 2.1/2 2.1/2

 

A tabela de dimensionamento  é uma boa forma de dimensionar o eletroduto. Nela, a partir da quantidade de condutores e a seção nominal do maior condutor no eletroduto, determina-se o tamanho nominal do eletroduto.

4. Cuidado com a taxa de ocupação

O último ponto de atenção na hora de executar o dimensionamento de eletroduto é ter cuidado com a taxa de ocupação.

A NBR 5410 fixa o espaço máximo do eletroduto que pode ser ocupado:

  • 53% no caso de um condutor;
  • 31% no caso de dois condutores;
  • 40% no caso de três ou mais condutores.

Em outras palavras, considerando a área total do eletroduto, a indicação é que os condutores não tenham mais de 40% de ocupação no acessório.

Informação importante: a bitola dos condutores e cabos, assim como o número de condutores instalado no eletroduto devem obedecer às especificações do projeto elétrico.

Procurando materiais elétricos? Confira nosso catálogo de produtos!

Conclusão

Ao longo desse conteúdo, você descobriu como realizar o dimensionamento de eletrodutos, fase muito importante para garantir uma instalação elétrica segura e eficiente.

Aproveite as nossas dicas e garanta a entrega de um imóvel impecável e incrível para o cliente.

Ficou interessado em aprender mais? Temos vários conteúdos do tipo aqui no Blog da Obramax, não deixe de conferir!

Autores

  • Victor Fruges

    https://br.linkedin.com/in/victor-leonardo-fruges-neto-9b118126
  • Marco Lima

    Jornalista com ampla experiência em Marketing Digital com foco em conteúdo para web. Atua desde 2021 na produção de artigos para o blog da Obramax em conjunto com especialistas técnicos no segmento da Construção Civil.