Como realizar a desobstrução de conduíte para passar fios

Desobstrução de conduíte

Você já tentou alguma vez passar fios por uma tubulação e percebeu que ela estava entupida? Infelizmente, é muito comum que, durante obras e reformas, apareçam problemas na fiação ou no conduíte, seja por conta do reboco na parede e outras sujeiras comuns de uma construção. Caso tenha se deparado com esta situação, saiba que é possível realizar uma desobstrução de conduíte de maneira simples.

Também conhecidos como eletrodutos, os conduítes são instalados em paredes, lajes e piso, e têm uma finalidade muito importante: proteger os condutores elétricos contra influências externas, como choques mecânicos e agentes químicos. Além disso, eles também contam com propriedades anti-chamas, evitando assim, possíveis incêndios causados por curto-circuitos.

Diante desse papel relevante em uma instalação, você precisa saber como desobstruir conduíte, ferramentas necessárias e cuidados a serem seguidos. Quer um projeto de qualidade e sinônimo de segurança? Continue a leitura e acompanhe as nossas dicas!

Problemas de um conduíte obstruído

Antes de mais nada, vamos entender melhor as consequências de um conduíte obstruído.

As primeiras consequências da obstrução que podemos destacar aqui é a interrupção de sinal, falhas no sistema e até mesmo incêndios provocados pelo superaquecimento de cabos.

Outra complicação decorrente da obstrução do conduíte é a dificuldade em realizar manutenções ou reparos na instalação elétrica, o que pode gerar custos adicionais e perda de tempo no projeto.

Sendo assim, é imprescindível que os conduítes sejam checados periodicamente e desobstruídos sempre que necessário para garantir uma instalação elétrica segura e eficiente.

Materiais Elétricos

Como desobstruir conduítes

Como desobstruir conduíte

Existem vários tipos de conduítes, como os metálicos rígidos, PVC e conduítes flexíveis. Naturalmente, cada modelo possui especificidades para a desobstrução, de acordo com as normas e regulamentações aplicáveis para o material do conduíte e para as instalações elétricas em geral.

De qualquer forma, montamos um passo a passo básico para nortear esse trabalho e as ferramentas necessárias:

Ferramentas necessárias

  • Haste de desobstrução: como o nome indica, trata-se de um acessório feito de aço ou fibra de vidro que é inserido no conduíte para remover obstruções mais simples;
  • Escova de conduíte: já a escova, é usada para limpar o interior da tubulação e remover qualquer tipo de sujeira e detritos;
  • Aspirador de pó: em casos mais complexos, o aspirador de pó com bico fino é indicado para sugar o que está bloqueando o conduíte;
  • Mangueira de água: a mangueira, por sua vez, é recomendada para lavar e/ou remover obstruções diferentes, como lama ou resíduos pegajosos;
  • Sonda de inspeção: por fim, a sonda é um equipamento usado para verificar se há uma obstrução ou não no conduíte e para avaliar as condições gerais da estrutura.

Informação importante: é essencial que todas as ferramentas estejam em excelente estado e que sejam apropriadas para o conduíte que está obstruído. O uso de equipamentos inadequados pode resultar em danos ou falhas na remoção das obstruções.

Passo a passo para desobstrução de conduíte

      1. Avaliação inicial:
        O primeiro passo é fazer uma avaliação inicial do conduíte para entender qual o tipo de obstrução, a sua localização e extensão. Para isso, você pode usar a sonda de inspeção. Essa etapa é essencial para o sucesso da desobstrução, uma vez que vai indicar as ferramentas necessárias e as técnicas a serem usadas.
      2. Preparação do ambiente:
        Antes de começar a desobstrução de conduíte, verifique se o ambiente ao seu redor está limpo e seguro, portanto, remova qualquer objeto ou detrito que possa atrapalhar o processo.
      3. Remova a tampa do conduíte:
        Caso o conduíte tenha uma tampa de acesso, retire-a com cuidado para possibilitar o acesso ao interior da peça.
      4. Utilize a haste de desobstrução:
        Se conduíte estiver obstruído por detritos ou acúmulo de sujeira, tente primeiro removê-los com o auxílio da haste de desobstrução. Empurre ou gire a ferramenta para essa remoção, mas sem com movimentos cuidadosos para não danificar o conduíte. Caso perceba muita resistência nesse processo, pare imediatamente e avalie se é necessário mudar a abordagem.
      5. Limpeza adicional:
        Conseguiu remover a sujeira com a haste de obstrução? Então, use uma escova ou aspirador de pó com bico fino para retirar qualquer resquício que possa ter sobrado no conduíte.
      6. Lave o conduíte:
        Não conseguiu remover a sujeira com a haste de obstrução? Dependendo do material que está causando isso, um último recurso é o uso da mangueira. Lembre-se que ela é mais indicada para obstruções causadas por resíduos líquidos, como lama e substâncias pegajosas. Tenha certeza de que o conduíte está completamente seco antes de prosseguir.
      7. Verificação final:
        Assim que concluir a desobstrução, seja com o uso da haste, aspirador ou mangueira, use novamente a sonda para conferir se tudo foi devidamente removido. Se sim, o trabalho foi concluído com sucesso. Caso ainda tenha alguma coisa no conduíte, repita o processo.

Informação importante: este guia tem caráter informativo, mas não substitui o trabalho de um profissional especializado. A principal recomendação é sempre buscar apoio de alguém treinado e capacitado para este tipo de manutenção. Lembre-se também de desligar os disjuntores para realizar a manutenção.

Leia também: Como fazer o dimensionamento de eletrodutos

Conclusão

Ao longo deste conteúdo, explicamos por que a desobstrução de conduíte é tão importante e como realizá-la de maneira simples e prática, além das ferramentas necessárias.

Como vimos, esse tipo de manutenção é essencial para a segurança da uma instalação elétrica, uma vez que a obstrução de conduítes pode gerar falhas no sistema elétrico, provocar incêndios devido a curto-circuitos e dificultar manutenções e reparos no futuro.

Vale ressaltar que este tipo de serviço deve ser feito por profissionais com experiência na área, para assim, minimizar os riscos de danos nos conduítes ou, em casos mais graves, medidas que possam provocar acidentes no futuro.

Ficou interessado em aprender mais? Temos vários conteúdos do tipo aqui no Blog da Obramax, não deixe de conferir.

Para finalizar, aproveite a nossa loja de materiais elétricos e acessórios para comprar os melhores produtos para a sua reforma!

Autores

  • Victor Fruges

    https://br.linkedin.com/in/victor-leonardo-fruges-neto-9b118126
  • Marco Lima

    Jornalista com ampla experiência em Marketing Digital com foco em conteúdo para web. Atua desde 2021 na produção de artigos para o blog da Obramax em conjunto com especialistas técnicos no segmento da Construção Civil.