Como e quando fazer limpeza e manutenção de caixa d’água

Manutenção de caixa d'água

A caixa d’água é um item muito comum nos lares brasileiros, afinal, trata-se de uma peça crucial do sistema hidráulico.

Ela possui basicamente duas finalidades: garantir o abastecimento de água durante paralisações no fornecimento ou manutenções, e também diminuir a pressão da água que vem da rua para evitar sobrecargas nas tubulações e favorecer um consumo mais econômico.

Por conta de sua importância, é natural que esse tipo de reservatório receba uma atenção periodicamente para garantir o seu funcionamento correto. Neste contexto, a manutenção de caixa d’água é indispensável!

Essa manutenção pode ser dividida de duas maneiras: análise do reservatório em busca de falhas na estrutura e/ou limpeza da caixa d’água. Se você quer saber como realizar essas etapas, continue a leitura e veja as dicas que separamos para te ajudar neste trabalho!

Qual o prazo para limpeza e manutenção de caixa d’água?

Antes de mais nada, é importante entender qual o prazo para limpeza e manutenção de caixa d’água e quais são os sinais que indicam que uma limpeza deve ser feita.

Não tem muito mistério: quando o reservatório estiver sujo, ele vai apresentar sinais que começam de forma leve e depois se intensificam. Por isso, alterações no sabor e odor da água podem indicar um grande acúmulo de sujeiras.

Com atenção aos detalhes, é importante ficar de olho na caixa e fazer verificações sempre que possível. Não vai gastar muito tempo, basta apenas conferir a boia hidráulica e se há presença de algas, larvas e outros tipos de impurezas.

Veja os principais sinais de que a sua caixa d’água pode estar suja!

Confira também: Tudo que você precisa saber sobre caixa d’água [+Dicas]

1. Água com cor amarelada ou escura

Observar a cor da água é sempre uma ótima forma de verificar as condições do reservatório. Se ela estiver escura, não tenha dúvidas: é preciso limpá-lo urgentemente.

Portanto, é essencial fazer uma análise visual da caixa d’água e verificar se apresenta alguma alteração na cor e se há partículas suspensas. Mesmo que sejam poucos sinais, para evitar problemas no futuro é importante realizar essa manutenção..

2. Lodo dentro da caixa d’água

A ausência de limpeza e manutenção da caixa d’água tende a gerar um outro grande problema: a presença de fungos no reservatório que, quando acumulados em abundância, formam o lodo. Então, a formação de lodo é mais um sinal de que sua caixa precisa de um cuidado especial.

3. Pouca pressão ou tubulação entupida

Além do lodo e demais sujeiras, também existem sinais relacionados à funcionalidade do sistema hidráulico, como a baixa pressão de água ou tubulação entupida. Quando perceber esse tipo de problema, vale a pena conferir se a caixa d’água está suja.

Mas por que isso acontece? Basicamente, as partículas sólidas podem se acumular nos canos, especialmente nas curvas, interrompendo assim, o fluxo da água. Diante disso, também é comum surgirem infiltrações e vazamentos, que são complicações que tendem a se agravar com o passar do tempo.

Informação importante: essa situação é muito complicada, por isso, é essencial uma boa limpeza e manutenção da caixa d’água. Em resumo, limpar a caixa é relativamente simples, porém, desobstruir a tubulação torna-se um grande desafio, além claro, de exigir mais gastos. Então, neste caso, o melhor é prevenir do que remediar, não se esqueça!

4. Água com cheiro ruim

Voltando a falar sobre a qualidade da água, outra forma de detectar possível falta de limpeza no reservatório é pegar um copo de vidro incolor e encher com a água da torneira. Faça esse passo em todas as torneiras do imóvel.

Em um ambiente bem iluminado, verifique se há partículas sólidas flutuando no corpo e inspire o ar dentro do copo também para checar se não há nenhum cheiro estranho. Lembre-se que a água deve sempre chegar na sua casa cristalina e sem odor, portanto, qualquer impureza detectada ou cheio duvidoso já indica que a sua caixa d’água precisa de uma limpeza.

Materiais Hidráulicos

Como fazer a limpeza e manutenção de caixa d’água

Como fazer manutenção de caixa d'água

Agora que já conhecemos os sinais de que a sua caixa d’água precisa de atenção, vamos entender melhor como fazer essas duas etapas. Embora possam ser tratados quase como sinônimos, manutenção e limpeza não são, necessariamente, a mesma coisa. Sendo assim, começamos pela manutenção de caixa d’água:

O primeiro passo é procurar por vazamentos em sua caixa d’água. Para isso, verifique o estado da caixa e de toda a tubulação para checar se essas estruturas estão desgastadas ou danificadas. Outra dica é dar uma olhada nas conexões para ver se elas estão bem firmes. Então, de maneira geral, avalie se há necessidade de trocar algum desses componentes.

A próxima dica de manutenção está diretamente relacionada à saúde: com 90 mortes registradas por dengue registradas no Brasil em 2024, é essencial instalar uma proteção contra insetos na sua caixa d’água.Para isso, existem telas que cobrem toda a abertura do reservatório, evitando assim, que os insetos tenham acesso ao interior da caixa.

Informação importante: não se esqueça que a caixa d’água deve estar sempre muito bem vedada! A tampa não pode ficar aberta e sequer entreaberta.

Já para garantir a qualidade da água, uma dica de manutenção é instalar um filtro contra impurezas. Basicamente, o equipamento filtra a água que será utilizada na residência ou no estabelecimento, retendo sujeiras, barro e limo.

Por fim, dê uma olhada na torneira de boia da caixa d’água, pois esse item tem função de regular o nível de água do reservatório e, se estiver com defeitos, pode transbordar o reservatório.

Limpeza da caixa d’água

Como vimos, a manutenção da caixa d’água envolve uma série de medidas preventivas. Já a limpeza, que deve ser feita a cada seis meses de acordo com a Sabesp, tem um caráter mais corretivo.

Para te ajudar, preparamos um passo a passo de como limpar o reservatório com base nas informações fornecidas pela companhia de distribuição de água aqui de São Paulo:

  1. Faça a limpeza em um final de semana ou em período de férias para poder realizá-la com calma e cuidado;
  2. Para começar o processo de limpeza, feche o registro de entrada da água para esvaziar a caixa. Então, você deve usar a água durante o dia ou removê-la com baldes. Uma dica bacana é armazenar essa água para reutilizá-la na própria limpeza da caixa ou para outro tipo de serviço.Aliás, esvazie a caixa até ficar com um palmo de água no fundo, depois, tampe a saída para evitar o seu escoamento completo e impedir que a sujeira desça pelo encanamento;
  3. Com um pano úmido, limpe as paredes, o fundo e a tampa da caixa. NÃO use escovas de aço ou vassouras, e evite produtos químicos como sabão ou detergente;
  4. Remova a água da lavagem e a sujeira, depois, seque o fundo do reservatório com um pano limpo;
  5. Abra o registro de entrada e deixe o reservatório encher até um palmo de altura, mas mantenha a saída de água fechada. Na sequência, adicione dois litros de água sanitária e deixe agir por duas horas.Com balde ou borrifador, molhe as paredes e a tampa da caixa com essa solução. A cada meia hora, veja se as paredes estão secas, se sim, repita o processo quantas vezes for necessário até completar as duas horas.A água sanitária serve para desinfecção da caixa e das tubulações, visando preservar a qualidade da água;
  6. Depois de duas horas, abra a saída da caixa e deixe esvaziar. Aqui, é crucial que o registro de entrada esteja fechado. Abra os chuveiros e torneiras e acione as descargas para desinfetar as tubulações;
  7. Por último, encha a caixa novamente. Use a primeira água para lavar o quintal, o banheiro e áreas externas. Dessa forma, você elimina qualquer resquício de água sanitária que possa ter ficado na caixa ou tubulação. Vale a pena anotar do lado de fora do reservatório a data da limpeza para ajudar no controle da próxima manutenção de caixa d’água.

Dica extra: para reforçar a segurança na sua caixa d’água, uma boa alternativa é investir em telas de proteção para reservatórios. Aqui na Obramax trabalhamos com diferentes modelos para tornar a sua caixa d’água ainda mais segura!

Leia também: Tamanhos de Caixa D’água: como escolher para casa e prédio

Conclusão

Ao longo deste conteúdo, falamos sobre a importância da limpeza e manutenção de caixa d’água para garantir a qualidade e a segurança do abastecimento de água em residências, empresas etc.

Como vimos, tanto a limpeza quanto a manutenção devem ser feitas periodicamente, de maneira preventiva e corretiva, evitando contaminações, proliferação de microrganismos e a deterioração da caixa d’água em si.

Ao priorizar seguir esses cuidados, você contribui significativamente para a promoção da saúde pública e para o bem-estar de todos que convivem no imóvel.

Ficou interessado em aprender mais? Temos vários conteúdos do tipo aqui no Blog da Obramax, não deixe de conferir.

Para finalizar, aproveite a nossa loja de caixa d’água e acessórios para comprar os melhores produtos para a sua reforma!

Autores

  • Elaine Soler

    Gerente de produto na seção de Materiais Básicos na Obramax.

  • Marco Lima

    Jornalista com ampla experiência em Marketing Digital com foco em conteúdo para web. Atua desde 2021 na produção de artigos para o blog da Obramax em conjunto com especialistas técnicos no segmento da Construção Civil.