O que é filtro de linha, para que serve e como escolher

O que é filtro de linha

Não é novidade para ninguém que a instalação elétrica é um serviço complexo e que deve ser executado com muito cuidado para prevenir uma série de acidentes. Contudo, existem situações que fogem um pouco do controle de uma boa instalação, como é o caso de oscilações de energia que podem danificar os aparelhos eletrônicos conectados em tomadas.

Para lidar com infortúnios como este, é essencial entender o que é filtro de linha e como ele pode ser um aliado na preservação dos equipamentos eletrônicos da sua casa ou comércio.

Em resumo, os filtros de linhas são usados frequentemente na proteção de equipamentos como computadores, impressoras, TVs, home theaters e muitos outros.

Contudo, para que essa proteção seja eficiente, é fundamental que o filtro seja adequado às necessidades dos aparelhos que serão ligados.

Além disso, vale ressaltar que há uma infinidade de tipos e marcas de filtros de linha, sendo possível encontrar desde modelos mais simples com proteções básicas até versões mais completas com protetores contra surtos elétricos.

Quer saber o que é filtro de linha, para que serve e como escolher? Continue a leitura!

O que é filtro de linha e para que serve

Para que serve o filtro de linha

O filtro de linha é um equipamento que conta com diversas entradas para tomadas e com a presença de uma chave disjuntora ou fusível e a sua principal função é proteger os aparelhos de possíveis variações na rede elétrica.

Explicando melhor: a chave disjuntora funciona como uma botão de ligar e desligar e serve para interromper ou acionar o filtro e, por consequência, todos os equipamentos conectados nele. Já o fusível é necessário para reter a sobrecarga de eletricidade. Em caso de sobrecarga elétrica ou curto circuito na rede, por exemplo, o fluxo de energia é interrompido pelo fusível.

Ou seja, toda essa estrutura interna do filtro de linha impede que correntes irregulares alcancem os aparelhos. No pior cenário possível, o que pode acontecer é justamente o filtro ser danificado, mas não os equipamentos lá plugados.

Por conta disso, lembre-se que se investir em um filtro de baixa qualidade, corre-se o risco dele não cumprir eficientemente o seu papel de proteção.

Leia também: Conheça os principais tipos de disjuntores e por que eles são tão importantes na sua instalação elétrica

Materiais Elétricos

Como escolher um filtro de linha

Como escolher filtro de linha

Se você não sabe como escolher um filtro de linha, existem 3 principais pontos que precisam ser analisados: quantidade de joules, número e tipos de entradas. Além claro, das necessidades particulares de cada ambiente, como a composição da decoração.

Entenda abaixo como avaliar o melhor filtro de linha para o seu projeto:

Número de entradas

Os principais modelos do mercado contam com versões de quatro, seis, oito e até dez tomadas. Nesse caso, a escolha do filtro de linha depende diretamente das necessidades do seu imóvel.

A dica aqui é comprar sempre um filtro com tomadas a mais do que você precisa. Portanto, se pretende usar seis tomadas, compre um modelo com oito.

Tipos de tomada

Além do número de entradas, não se esqueça de checar o tipo de tomada para a conexão dos equipamentos eletrônicos.

Em geral, os filtros de linha são padrão 2p+T com saída de 10 A, pois equipamentos que consomem mais de 10 A não são indicados para esse tipo de acessório.

Vale destacar que também existem modelos que possuem entrada USB e que dispensam o uso de adaptador de tomada para você conectar o cabo do carregador do seu celular.

Quais equipamentos podem ser ligados no filtro de linha?

O filtro de linha pode ser usado para ligar notebook, Smart TV, vídeo game, smartphones, ventiladores, luminárias, etc. No entanto, para computadores desktop, por exemplo, a nossa sugestão é comprar um estabilizador ou nobreak.

E o que não pode?

Como o filtro de linha possui o dispositivo de interrupção (fusível), ele não pode ser usado em equipamentos que tenham motores e/ou resistência, como micro-ondas, geladeiras, ar-condicionado; e também quando a voltagem de trabalho é superior à potência máxima indicada para o filtro.

Além disso, é importante destacar alguns cuidados na utilização do filtro de linha: deixe-o sempre em locais com circulação de ar, portanto, evite deixá-lo encoberto por tapetes, móveis, livros, etc.

Qual a diferença entre filtro de linha, extensão e estabilizador?

Quando o assunto o que é filtro de linha, uma dúvida muito comum é como ele se diferencia de outros equipamentos, como a extensão e o estabilizador.

A diferença entre filtro de linha e extensão é o nível de proteção oferecido. Enquanto a extensão funciona como um fio prolongado com várias tomadas e não fornece qualquer tipo de proteção, o filtro de linha, como vimos, conta com funções específicas para preservar os equipamentos.

Para evitar confusão no momento da compra, repare se no equipamento existe uma chave de liga/desliga. Se sim, trata-se de um filtro de linha.

Informação importante: manter equipamentos constantemente ligados em uma extensão é arriscado, evite fazer isso.

Já em relação ao estabilizador, a finalidade é parecida, mas a atuação é diferente. Esse equipamento é usado principalmente para garantir que a energia que sai em direção à fonte do computador seja limpa de interferências e flutuações. Da mesma forma que um filtro de linha, caso um surto de tensão ocorra, o estabilizador vai queimar os fusíveis antes de permitir que a sobrecarga estrague a sua fonte e computador.

Leia também: Sequência cabo de rede: como montar da forma correta

Principais vantagens do equipamento

Ainda não está convencido de investir no filtro de linha? Então, confira abaixo 4 vantagens que este equipamento proporciona para a sua casa:

1. Proteção

Naturalmente, o principal benefício do filtro de linha é a proteção que ele oferece, uma vez que todos os aparelhos conectados aos plugs estão protegidos contra curto-circuitos. Já em situações como descargas elétricas de alta intensidade, o filtro se “sacrifica” queimando os fusíveis e protegendo o equipamento conectado.

2. Custo-benefício

Itens com bom custo-benefício são bem-vindos em qualquer tipo de situação, não é mesmo? Em termos de equipamentos de proteção da rede, o filtro de linha é o que apresenta um dos menores custos.

3. Elimina ruídos na rede elétrica

Caso não saiba, os ruídos na rede elétrica são basicamente quando você liga um equipamento e outro é afetado. Por exemplo, quando ligamos o liquidificador e ele provoca uma interferência na televisão que está ligada. Com o filtro de linha, esse tipo de inconveniente é evitado.

4. Maior número de tomadas disponíveis

Por fim, não podemos deixar de fora o aumento no número de tomadas disponíveis para uso após a colocação do filtro de linha.

Leia também: Como fazer aterramento corretamente

Conclusão

Ao longo deste artigo explicamos melhor o que é filtro de linha e por que esse equipamento é tão importante para casa, além de reforçar as suas diferenças em relação a outros itens similares, como os estabilizadores e as extensões.

Por se tratar de um dispositivo de proteção, lembre-se de comprar o filtro de acordo com as especificidades do local e tipo de uso que será feito.

Ficou interessado em aprender mais? Temos vários conteúdos do tipo aqui no Blog da Obramax, não deixe de conferir.

Para finalizar, aproveite a nossa loja de material de construção para comprar os melhores produtos para a sua reforma!

Autores

  • Victor Fruges

    https://br.linkedin.com/in/victor-leonardo-fruges-neto-9b118126
  • Marco Lima

    Jornalista com ampla experiência em Marketing Digital com foco em conteúdo para web. Atua desde 2021 na produção de artigos para o blog da Obramax em conjunto com especialistas técnicos no segmento da Construção Civil.